Vice-presidente eleito anuncia novos nomes do gabinete de transição do governo Lula


BRASILIA-DF| O vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB), anunciou na tarde desta segunda-feira (14/11) novos nomes que irão integrar as equipes técnicas do governo de transição do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). No grupo de Esporte, foram chamados a ex-jogadora de vôlei Ana Moser e o ex-jogador de futebol Raí. Já o grupo de Cidades contará com o ex-governador de São Paulo Márcio França (PSB), e com o prefeito de Recife, João Campos (PSB).


Ainda, Alckmin convidou os médicos Ludhmila Hajjar, Miguel Srougi e Roberto Kalil para a área da saúde, mas os nomes ainda não foram anunciados oficialmente. Os três são professores da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).


A equipe de transição está prevista em lei e serve para que seus membros tenham acesso a documentos e informações do atual governo.


COP 27- Lula viajou na manhã desta segunda para o Egito, onde participará da COP 27, a Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU). Ele deixou sua residência na capital paulista e pegou um avião no Aeroporto Internacional em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Equipe de transição

A equipe de transição de Lula foi dividida em 31 áreas temáticas. O presidente eleito tem o direito de nomear 50 cargos remunerados, além de contar com trabalho de voluntários.


Alguns dos grupos técnicos já tiveram sua composição publicada no Diário Oficial da União. Também integram o gabinete de transição os grupos de coordenação Executiva, Articulação Política, Grupos Técnicos, Organização da Posse e Conselho Político.


Veja a lista dos novos nomes da equipe de transição que já foram anunciados. Eles não necessariamente continuarão no novo governo, mas alguns podem assumir ministérios ou secretarias:


Coordenação executiva

Floriano Pesaro, ex-deputado federal;

Coordenação de articulação política Gleisi Hoffman, presidente nacional do PT

Coordenação de grupos técnicos Aloizio Mercadante, um dos fundadores do PT

Coordenação de organização da posse

Rosângela Silva, a Janja, esposa de Lula, futura primeira-dama e socióloga

Grupos técnicos: Assistência social Simone Tebet (MDB);

Márcia Lopes, assistente social e professora;

Tereza Campello, economista;

André Quintão, deputado estadual.


Cidades e Habitação

Guilherme Boulos, deputado federal eleito (PSOL);

Márcio França (PSB), ex-governador de São Paulo;

Ermínia Maricato, arquiteta e urbanista;

Evanise Lopes Rodrigues, mestre em urbanismo;

Geraldo Magela, ex-deputado federal;

Inês Magalhães, ex-ministra das Cidades;

João Campos (PSB), prefeito de Recife;

José de Filippi (PT), prefeito de Diadema;

Maria Fernanda Ramos Coelho, ex-presidente da Caixa;

Nabil Bonduki, urbanista e professor da FAU-USP;

Rodrigo Neves, ex-prefeito de Niterói

Comunicações Paulo Bernardo, ex-ministro das Comunicações;

Jorge Bittar, ex-deputado federal;

Cezar Alvarez, ex-secretário do Ministério de Comunicações;

Alessandra Orofino, especialista em economia e direitos humanos formada na Universidade de Columbia.


Desenvolvimento Regional Randolfe Rodrigues, senador (Rede Sustentabilidade-AP);

Direitos Humanos Maria do Rosário, deputada federal e ex-ministra de Direitos Humanos;

Silvio Almeida, advogado;

Luiz Alberto Melchetti, doutor em economia;

Janaína Barbosa de Oliveira, representante do movimento LGBTQIA+;

Rubens Linhares Mendonça Lopes, do setorial do PT para pessoas com deficiência;

Emidio de Souza, deputado estadual (SP);

Maria Victoria Benevides, socióloga, professora doutora.


Economia André Lara Resende, economista;

Guilherme Mello, economista;

Nelson Barbosa, economista;

Pérsio Arida, economista.


Educação Henrique Paim, ex-ministro da Educação;

Andressa Pellanda, coordenadora da Campanha pelo Direito à Educação;

Alexandre Schneider, ex-secretário municipal de Educação de São Paulo;

Binho Marques, ex-governador do Acre;

Cláudio Alex, presidente Conif;

Heleno Araújo, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE);

Macaé Evaristo, deputada estadual eleita por MG;

Maria Alice (Neca) Setubal, presidente do Conselho Consultivo da Fundação Tide Setubal;

Paulo Gabriel, ex-reitor da UFRB;

Priscila Cruz, presidente executiva do "Todos Pela Educação";

Ricardo Marcelo Fonseca, presidente da Andifes;

Rosa Neide, deputada federal;

Teresa Leitão, senadora eleita;

Veveu Arruda, ex-prefeito de Sobral

Esporte Ana Moser, ex-atleta de voleibol;

Edinho Silva (PT), prefeito de Araraquara;

Isabel Salgado, ex-atleta de voleibol;

José Luís Ferrarezi, ex-vereador;

Marta Sobral, ex-jogadora de basquete;

Mizael Conrado, presidente do Comitê Paralímpico;

Nádia Campeão, ex vice-prefeita de São Paulo;

Raí Souza de Oliveira, ex-jogador de futebol;

Verônica Silva Hipólito; atleta paralímpica

Infraestrutura Alexandre Silveira, senador por MG;

Fernandha Batista, secretária de Infraestrutura de Pernambuco;

Gabriel Galipolo, economista;

Maurício Muniz, ex-ministro da Secretaria de Portos;

Miriam Belchior, ex-ministra de Planejamento;

Paulo Pimenta, deputado federal;

Marcus Cavalcanti, secretário de Infraestrutura da BA

Juventude Bruna Chaves Brelaz, presidente da UNE;

Gabriel Medeiros de Miranda, subsecretário de Juventude do RN;

Jiberlandio Miranda Santana, presidente da União da Juventude Socialista do ES;

Keli dos Santos Araújo; secretária-geral de Juventude do PT;

Marcos Barão; membro da Juventude do MDB;

Nádia Beatriz Martins Garcia Pereira, secretária nacional da Juventude do PT;

Nilson Florentino Júnior, secretário adjunto da Juventude do PT;

Thiago Augusto Morbac, presidente nacional da União da Juventude Socialista;

Sabrina Santos, membro da UNAS Igualdade Racial Nilma Lino Gomes, ex-ministra de Igualdade Racial;

Givânia Maria Silva, quilombola e doutora em sociologia;

Douglas Belchior, professor;

Thiago Tobias, do Coalizão Negra;

Ieda Leal, Movimento Negro Unificado (MNU);

Martvs das Chagas, secretário do Planejamento de Juiz de Fora;

Preta Ferreira, movimento negro e movimento de moradia. Indústria, Comércio e Serviços Germano Rigotto, ex-governador do Rio Grande do Sul;

Jackson Schneider, executivo da Embraer e ex-presidente da Anfavea;

Rafael Lucchesi, diretor-geral do Senai Nacional;

Marcelo Ramos, deputado federal (AM);

Pequenas Empresas Paulo Okamotto, ex-presidente do Sebrae e do Instituto Lula;

Paulo Feldmann, professor da USP;

Tatiana Conceição Valente, especialista em economia solidária;

André Ceciliano, presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

Mulheres Anielle Franco, diretora do Instituto Marielle Franco e irmã da vereadora morta;

Roseli Faria, economista;

Roberta Eugênio, mestre em direito, pesquisadora do Instituto Alziras e ex-assessora de Marielle Franco;

Maria Helena Guarezi, ex-diretora de Itaipu e amiga pessoal de Janja;

Eleonora Menicucci, ex-ministra da Secretaria de Política para Mulheres;

Aparecida Gonçalves, ex-secretária Nacional da Violência contra a Mulher.

Planejamento, Orçamento e Gestão Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda;

Enio Verri, deputado federal (PT-PR);

Esther Dweck, economista e professora da UFRJ;

Antonio Corrêa de Lacerda, presidente do Conselho Federal de Economia.

Saúde Humberto Costa, senador (PT)

Conselho político de transição Antônio Brito, deputado federal (PSD);

Carlos Siqueira, presidente PSB;

Daniel Tourinho, presidente do Agir;

Felipe Espírito Santo, direção do Pros;

Guilherme Ítalo, direção do Avante;

Jader Barbalho, senador (MDB);

Jefferson Coriteac, vice-presidente do Solidariedade;

José Luiz Penna, presidente do PV;

Juliano Medeiros, presidente do PSOL;

Luciana Santos, presidente do PC do; B;

Renan Calheiros, Senador do MDB;

Wesley Diógenes, porta-voz da Rede;

Wolney Queiroz, deputado federal (PDT).