Serviço de coleta gratuita recolhe objetos de grande porte em Manaus


MANAUS| Para evitar que materiais de grande porte como sofás, camas e geladeira sejam descartados irregularmente nos igarapés ou em vias públicas, a Prefeitura de Manaus segue com o serviço de coleta agendada de grandes objetos. O programa recolhe objetos de grande porte que serão descartados e funciona por agendamento, realizado via aplicativo de mensagens ou ligação. Em 2021, mais de 12,2 mil atendimentos foram realizados pelo projeto.


Para utilizar o serviço, é necessário entrar em contato com a Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), por meio do WhatsApp (92) 98415-9563 ou 98459-5618, entre as 8h e 16h, durante a semana, e informar quais os objetos serão recolhidos, enviando fotos, endereço da retirada, telefone para contato e nome da pessoa que vai acompanhar a equipe.


Conforme o diretor Operacional da Semulsp, Laurimar Costa, o objetivo do programa é impedir que grandes objetos sejam deixados em vias públicas ou jogados nos igarapés da cidade.


“Para estimular a população a dar o direcionamento correto, evitar o surgimento de uma lixeira viciada ou entupir o igarapé, a Semulsp pega o material na frente da casa da pessoa, o serviço é gratuito. A Semulsp está a todo vapor com esse trabalho”, destaca.




O serviço de coleta agendada, via celular, também recolhe eletrodomésticos sem utilidade, como aspirador de pó, batedeira, ferro elétrico, liquidificador, máquina de costura, micro-ondas, purificador de água e televisão.




Os eletrodomésticos são levados para a Central de Logística Reversa de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos, que funciona por meio de uma parceria entre a prefeitura e a Associação de Catadores de Recicláveis do Amazonas (Ascarman), no bairro Santa Etelvina, zona Norte.




Balanço

Em 2021, mais de 12,2 mil atendimentos foram realizados pelo programa. Dentre os bairros que mais solicitaram os serviços, estão Cidade Nova, Parque 10 de Novembro, Alvorada, Aleixo, Nova Cidade, Petrópolis, Flores e Japiim.


Livros, sofá, guarda-roupa, colchão, cadeira, cama, armário, máquina de lavar, TV, fogão, geladeira e outros foram os objetos mais recolhidos em 2021.


Além de contribuir para a limpeza da cidade, o serviço gera benefícios aos catadores de materiais recicláveis. Eles realizam a separação dos materiais aproveitáveis, sendo o refugo ou rejeito encaminhado para o Aterro Sanitário Municipal, localizado no quilômetro 19, AM–010 (Manaus – Itacoatiara).


Transbordo

No dia 16 deste mês, a prefeitura realizou o transbordo de 700 toneladas de resíduos retirados dos rios e igarapés da cidade durante 30 dias. O material recolhido das orlas pelas equipes da Semulsp foi transportado do porto Trairi, no bairro Santo Antônio, zona Oeste, até o aterro sanitário.


A modalidade de limpeza dos igarapés e orla da cidade retirou, em média, 35 toneladas, por dia, de lixo, ao longo de 2021. Grande parte desses materiais retirados das águas é de garrafas PETs, descartáveis e resíduos domésticos, que poderiam ser reciclados.


PEVs- A prefeitura conta, também, com 23 Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) nos principais supermercados da cidade, para o recolhimento do lixo reciclável. Ou seja, o lixo descartado é fonte de renda para quem precisa. Um motivo a mais para todo mundo colaborar.


— — —

Informações: Semulsp