Saiba quem são os senadores eleitos que apoiam Lula e Bolsonaro

BRASIL| Das 27 vagas do Senado que disputaram no último domingo (2/10), o presidente Jair Bolsonaro (PL) conta com o apoio de 16 dos eleitos. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é endossado por 8 deles. Os 3 parlamentares restantes não manifestam ligação com nenhum dos dois candidatos.



Confira a lista dos senadores eleitos:

- Acre: Alan Rick (União Brasil), apoiador de Bolsonaro – Alagoas: Renan Filho (MDB), apoiador de Lula – Amapá: Davi Alcolumbre (União Brasil), sem apoio de Lula e Bolsonaro – Amazonas: Omar Aziz (PSD), apoiador de Lula – Bahia: Otto Alencar (PSD), apoiador de Lula – Ceará: Camilo Santana (PT), apoiador de Lula – Distrito Federal: Damares Alves (Republicanos), apoiadora de Bolsonaro – Espírito Santo: Magno Malta (PL), apoiador de Bolsonaro – Goiás: Wilder Morais (PL), apoiador de Bolsonaro – Maranhão: Flávio Dino (PSB), apoiador de Lula – Mato Grosso: Wellington Fagundes (PL), apoiador de Bolsonaro – Mato Grosso do Sul: Tereza Cristina (PP), apoiadora de Bolsonaro – Minas Gerais: Cleitinho (PSC), apoiador de Bolsonaro – Pará: Beto Faro (PT), apoiador de Lula – Paraná: Sergio Moro (União Brasil), apoia informalmente Bolsonaro – Paraíba: Efraim Filho (União Brasil), sem apoio formal a Bolsonaro e Lula – Pernambuco: Teresa Leitão (PT), apoiador de Lula – Piauí: Wellington Dias (PT), apoiador de Lula – Rio de Janeiro: Romário (PL), apoiador de Bolsonaro – Rio Grande do Norte: Rogério Marinho (PL), apoiador de Bolsonaro – Rio Grande do Sul: Hamilton Mourão (Republicanos), apoiador de Bolsonaro – Rondônia: Jaime Bagattoli (PL), apoiador de Bolsonaro – Roraima: Dr. Hiran (PP), apoiador de Bolsonaro – Santa Catarina: Jorge Seif (PL), apoiador de Bolsonaro – São Paulo: Marcos Pontes (PL), apoiador de Bolsonaro – Sergipe: Laércio (PP), apoiador de Bolsonaro – Tocantins: Professora Dorinha (União Brasil), sem apoio formal a Bolsonaro e Lula.