Polícia prende motorista que deu fuga ao atirador que matou agente de limpeza pública; vídeo



MANAUS| Weverton Silva e Silva, 38 anos, foi preso suspeito de participação na morte do agente de limpeza pública Aldenir Rodrigues Castilho, que tinha 25 anos, o crime ocorreu na última terça-feira, 26, na travessa S6, no bairro, Japiim na zona sul de Manaus.


O titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Ricardo Cunha relatou que Ewerton negou participação no crime e alegou à polícia que é motorista de aplicativo e fez uma corrida para Rafael Lira do Santos, suspeito de atirar contra o agente de limpeza pública.



“Ele se declara um motorista de aplicativo que estava trabalhando naquele momento. Obviamente não nos convenceu. Ele disse que estava fazendo uma corrida quando essa pessoa (Rafael), pediu para parar nessa rua. E logo após ele parar, ele viu essa pessoa entrar com uma arma na mão dizendo que queriam matá-lo e que era para ele sair dali imediatamente”, diz o delegado.


Ao ser questionado sobre o comprovante da corrida, o motorista disse que não tinha porque Rafael seria conhecido dele. Ainda segundo a polícia, Ewerton e Rafael tem passagens por tentativa de homicídio e roubo.


Disque-denúncia


As pessoas que souberem do paradeiro de Rafael Lira dos Santos devem ligar para o número (92) 98118-9535, da DEHS, ou para o 181, disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). “A identidade do informante será mantida em sigilo”, afirmou o delegado.



Veja o momento em que o condutor que deu fuga ao assassino é preso: