O sistema colapsou? Novos validadores causam dor de cabeça aos manauaras


MANAUS| Completando uma semana de dor de cabeça e muito transtorno por conta da troca dos novos 'validadores' implantados pela empresa Prodata nas catracas dos ônibus do transporte coletivo de Manaus, os manauaras não sabem mais a quem recorrer. Durante todo esse tempo somados em: espera, filas, trocas de cartões, recargas de créditos e validação após a troca efetuada, o sistema simplesmente 'colapsou' e a cada dia só prejudica que precisa usar o transporte coletivo diariamente.


Diversas denúncias surgiram após os usuários não conseguirem pagar com seu cartão passa- fácil quando adentram o coletivo, nas entradas dos terminais ou estações espalhadas nas cinco zonas da cidade.

Outras reclamações são que após realizada as recargas nos cartões, quando se passam no validadores eles simplesmente somem ou diminuem de forma misteriosa para a surpresa dos usuários.


Fúria- Um vídeo gravado e divulgado nas redes sociais mostram um senhora em fúria, questionando o representante do Sinetram, Fernando Borges, a mulher pede pra ele calar a boca e resolver o problema dela que há horas espera o atendimento.



O transtorno- Após as denúncias surgidas, o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Amazonas ( Sinetram), pediu aos que foram afetados se dirigisse até a sede do órgão para a troca dos cartões. Daí começou o transtorno, pois a sede do órgão não teve estrutura para atender quem foi afetado. O que se viu foi um espaço pequeno, sem ventilação, água, banheiro, deixando quem foi atrás do serviço em pé do lado de fora no calor e no sol.

Ação- O vereador Rodrigo Guedes (Republicanos), percorreu as estações, os terminais e dentro dos coletivos, nas primeiras horas da manhã na ultima sexta feira (17/06), pós feriado, onde a população foi 'pega de surpresa' e constatou o descaso realizado pelo Sinetram.


Na tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM) cobrou ação enérgica da Prefeitura de Manaus, mas na ocasião o Prefeito Davi Almeida (Avante) estava no Rio de Janeiro em uma maratona, onde retornou a Manaus no inicio desta semana. Ainda cobrou também do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), cuja a autarquia que tem a função de fiscalizar o Sinetram, mas não houve resposta.


Punição- Na quarta-feira (22/06), dois fatos foram marcantes nessa novela dos validadores. A Juiza Maria Eunice Torres determinou o bloqueio de R$ milhões do Sinetram, após descumprimento de decisão judicial que impedia a troca dos validadores dos cartões de passagens instalados nos ônibus.


A magistrada intimou o sindicato para o cumprimento da decisão proferida no prazo de 24 horas, sob pena de uma multa de R$ 1,5 milhão, até o limite de cinco dias.

E determinou, ainda, a prisão do presidente do Sinetram por crime de desobediência, conforme art. 330 do Código Penal Brasileiro.

No ultimo dia 15 de junho, a magistrada determinou que o Sinetram cumprisse o contrato que mantém com a empresa Meson Amazônia Indústria e Comércio de Produtos Eletrônicos Ltda., responsável por gerenciar o software do sistema de bilhetagem eletrônica, sob pena de multa diária de R$ 1 milhão até o limite de cinco dias, por não cumprimento a multa foi aumentada.

Requerimento-

Na Câmara municipal de Manaus o vereador Rodrigo Guedes ( Republicanos), apresentou à presidência, um requerimento onde o Diretor do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) Paulo Henrique Martins, fosse convocado para dar explicações sobre as irregularidades do Sinetram sobre atendimento aos usuários.


Ainda, no mesmo dia, o vereador pediu que os demais colegas levantasse o braço para mostrar o seu voto e que as imagens fossem registradas e transmitidas pelo sistema de comunicação da Câmara.

Para a surpresa a maioria dos vereadores num total de (20), que são da base de apoio do Prefeito, rejeitaram o pedido.


Saiba quem são eles:


Glória Carrate

Mitoso

Bessa

Marcelo Serafim

Jaildo dos Rodoviários

Allan Campelo

Raulzinho

Jander Lobato

Diego Afonso

Rosivaldo Cordovil

Rosinaldo Bual

Eduardo Alfaia

Professora Jaqueline

Dione Carvalho

Elan Alencar

Lisandro Breval

Eduardo Assis

Gilmar Nascimento

Thaysa Lippi

Sassá da Construção

João Carlos


Na quinta-feira (23/06), um dia após ser votado o requerimento, para surpresa de muitos o vereador Rosinaldo Bual (PMN), discursou afirmando que não existe problemas no sistema de transporte de Manaus, que estão sendo implantados um sistema inteligente nas paradas de ônibus, e desafiou, pedindo que fizesse uma enquete sobre a aprovação da população em relação ao transporte público.


Veja o vídeo:

E a novela dos validadores ainda continua...