Novo 'CRAS'- São Raimundo é inaugurado na zona oeste de Manaus


MANAUS| O Centro de Referência da Assistência Social (CRAS)- São Raimundo, foi inaugurado nesta quinta-feira, (28/7), o 'CRAS', como é popularmente conhecido fica localizado na rua São Francisco, no parque residencial Prosamim, bairro São Raimundo, zona Oeste da cidade. A unidade, que funcionava no bairro Glória, passa a funcionar em um prédio novo e faz parte das 18 unidades do CRAS, que serão totalmente reformadas pela Prefeitura de Manaus


O prefeito de Manaus David Almeida destacou que a série de reformas nos Cras significa um salto na melhoria do atendimento às comunidades em situação de vulnerabilidade social.



“Das 22 estruturas de assistência social da prefeitura, estamos reformando 18, porque as outras já estão todas reformadas. Na nossa administração, queremos dar vez, voz e espaço para todas as ações das secretarias de Manaus, e na nossa administração, o social tem uma importância duplicada, porque aqui é a porta de entrada dos mais necessitados, e o Cras é exatamente isso, aquelas pessoas vulneráveis que precisam da mão amiga, do apoio, do governo federal, estadual, municipal. Eles se dirigem a esses centros para que possam ser atendidos e aqui nós possamos expandir a nossa atenção e nosso atendimento.”, assegurou Almeida.

O CRAS, é gerenciado pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), e conta com salas de cadastro único, multiuso, dos técnicos e de atendimento individual, além de coordenação, recepção, copa e banheiros. Aproximadamente sete mil famílias passarão a ser atendidas no novo centro.




“Conseguimos transformar essa casa, e queremos trazer as pessoas para um espaço acolhedor, mais amplo, para garantir o melhor atendimento para essa população. Aqui, vamos atender a população dos bairros São Raimundo, Glória, Presidente Vargas, Aparecida, todas as pessoas vulneráveis que buscarão esse espaço para ter acesso aos seus direitos”, afirmou a titular da Semasc, Jane Mara Moraes.



O Cras tem por objetivo prevenir a ocorrência de situações de vulnerabilidades e riscos sociais nos territórios, por meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisições, do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, e da ampliação do acesso aos direitos de cidadania.