Na 'Folia Du Cheff', Prefeito paraense fica bêbado, tira roupa e vira pegador de rapariga, vídeo



ITAITUBA (PA) – O prefeito de Itaituba, no Pará, Valmir Calimaco (MDB), perdeu as estribeiras em festa na noite do último sábado (5/03). Em vídeos postados nas redes sociais, ele aparece supostamente “embriagado” declarando: “Eu vou comer mais de 20”. Ainda muito empolgado, ele tira a blusa e fala várias frases machistas.






O prefeito estava na festa “Folia du Cheff” e fala ao microfone, direto de um camarote de uma casa de shows. “Pense num lugar que tem tanta rapariga boa, aqui tem!”, disse ele.


Em determinado momento, Climaco começa a apontar para frequentadoras da festa e dizer que vai se relacionar com elas.

“Eu tô aqui dizendo o seguinte: eu vou comer aquela, vou comer aquela… Pelo que eu já conferi aqui, eu vou comer mais de 20, porque eu nunca vi tanta mulher bonita”, disse, sem cerimônia.


Em outro vídeo, o prefeito tira a camisa durante uma música e as pessoas gritam “Tira a camisa! Tira a camisa”. Em outras imagens, depois de aparentemente ele exagerar na dose, sai do local amparando pelas pessoas.



Reações:

A atitude do prefeito foi reprovada pelos usuários. "É uma vergonha. Comportamento reprovável para qualquer homem, ainda mais um homem público. Medidas precisam ser tomadas. É a demonstração do que de pior temos por aqui. Machismo e misoginia", apontou um usuário.


“Vocês viram a última do prefeito de Itaituba? Misoginia, machismo e falta de decoro resumem”, comentou outro perfil. “Como é que pode ter gente desprezível como esse prefeito de Itaituba? É o símbolo do privilégio branco, velho imbecial! ó abre a boca pra falar merda e a justiça não faz porra nenhuma”, declara chateado um morador do Pará.


O episódio também desagradou a deputada estadual Marinor Brito (PSol), que repudiou as ações de Valmir. “Inaceitáveis as declarações machistas do prefeito de Itaituba, Valmir Climaco, que repercutiram nas redes sociais do ultimo sábado (5/03), falando que uma festa estaria cheia de “raparigas boas”. Não podemos permitir que comportamentos como esse continuem. Basta de machismo e misoginia!”, disse.



A Prefeitura de Itaituba ainda não se manifestou sobre o assunto.