Governo apresenta a nova carteira nacional de identidade com versão digital


Brasil | Ontem o Governo Federal anunciou o novo RG: a carteira nacional de identidade unificada para todo o país. O decreto instituindo a nova carteira foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) na tarde de quarta-feira e entrará em vigor em 1o. de março.


A nova carteira usará o CPF (Cadastro Nacional de Pessoa Física) como único número identificador dos cidadãos. A carteira será emitida gratuitamente e os institutos de identificação terão prazo até 6 de março de 2023 para se adequar à mudança.


O governo informou que os documentos continuarão sendo emitidos pelos órgãos estaduais, mas terão o formato e o padrão de emissão unificado. Quando o cidadão entrar com pedido de emissão, os órgãos estaduais de registro civil validarão a identificação pela plataforma do governo federal, o Gov.br. E além do documento físico, o cidadão também poderá ter acesso à versão digital da nova identidade.


O novo documento será mais seguro porque poderá ter sua autenticidade validada por QR Code. O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, lembrou que, da forma como está hoje, os cidadãos poderiam ter até 27 documentos de identidade com números diferentes emitidos pelas unidades da federação, o que facilitava a prática de diversas fraudes e crimes. “A gente avança para um novo tempo de controle, de seriedade e de tranquilidade da população brasileira”, afirmou.


O RG também terá validade de 10 anos e servirá como documento de viagem, devido ao seu código se adequar ao padrão internacional e poder ser lido por qualquer equipamento.