Em São Paulo, 'PSDB e União' lançam José Luiz Datena como candidato ao Senado, na chapa de Garcia


BRASIL| As cúpulas do PSDB e do União Brasil acabam de divulgar nota na qual lançam José Luiz Datena ao Senado por São Paulo, na chapa do pré-candidato ao governo Rodrigo Garcia, nome de João Doria. Segundo o site O Antagonista apurou que o texto estava pronto para ser divulgado na semana que vem, mas o anúncio acabou sendo antecipado para hoje.


“Nossos partidos compartilham dos mesmos princípios, conjugam os mesmos ideais e vamos trabalhar para que São Paulo e os paulistas estejam nas mãos competentes e sob o olhar humano de nossos candidatos”, diz trecho da nota, assinada pelos presidentes nacionais, Bruno Araújo e Luciano Bivar, e estaduais, Marco Vinholi e Antonio Rueda, dos dois partidos, respectivamente.


Os dirigentes partidários elogiam Garcia, atual vice-governador, e, em seguida, dizem que Datena “engrandece a nossa coligação”.


“Rodrigo é novo, mas não é um novato. Experiente na gestão pública, profundo conhecedor de todas as regiões de São Paulo e representante do espírito inovador dos paulistas. Um líder de diálogo, de trabalho e dedicação ao próximo. Datena possui a indignação e a sensibilidade necessárias para defender os interesses de São Paulo no Senado Federal. Sua disposição em servir aos paulistas engrandece a nossa coligação. Escreveu e continuará uma história de trabalho pelo bem comum e combate às injustiças e desigualdades.”


O apresentador de TV também vinha conversando, por exemplo, com Carlos Lupi, presidente do PDT, e com Tarcísio de Freitas, o candidato de Bolsonaro ao governo local. Ontem, ele disse a O Antagonista: “Quem está contando com minha não candidatura pode tirar o cavalo da chuva”.


Na nota oficial, dirigentes tucanos e do União afirmam também que “a pandemia está sob controle graças às decisões acertadas de São Paulo, mas com as angústias da falta de empregos, da recuperação dos pequenos negócios e a volta da inflação”. O texto deixa claro qual será o mote da campanha da coligação: “esperança e trabalho”.