Criminoso foge de fralda do hospital; Polícia do DF faz captura em área de matagal



BRASÍLIA-DF| Policiais civis do DF e agentes da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape) prenderam, nesta quarta-feira (11/5), um detento foragido do complexo da Papuda. O foragido era Luan Bruno Figueiredo Alves, de 31 anos, o vulgo 'Bebezão' onde estava desde a madrugada da última quinta-feira (5/5), no Hospital Regional do Paranoá (HRPa), aguardando por um leito de unidade de terapia intensiva (UTI). Ele trajava apenas uma fralda quando deixou o local. A prisão do homem ocorreu após cerco em um matagal, no Lago Paranoá.


Luan cumpria pena por uma série de roubos, e estava, atualmente, em regime semiaberto – com benefício de trabalho externo e saída temporária. Após obter informações de que o foragido estava em um matagal, o cerco policial foi montado.


Helicópteros da Divisão de Operações Aéreas (DOA) da Polícia Civil do DF deram apoio à operação. O detento havia dado entrada no hospital em 30 de abril, com sintomas de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e meningite. No domingo (1º/5), Luan apresentou “quadro de rebaixamento do nível de consciência e paralisia da face”.


Nos depoimentos à polícia, um dos vigilantes disse que, por volta das 22h30 de quarta (4/5), ocorreram diversos procedimentos médicos e de limpeza no quarto onde o preso estava.

O funcionário afirmou que Luan estava desacordado e algemado. Ele fugiu na madrugada seguinte. Antes, porém, ele retirou uma sonda nasal e outra peniana.





Por volta das 16h desta qaurta-feira 911/05) aconteceu a captura do foragido, nas proximidades de um Condomínio o 'Entre Lagos', onde os pais do foragido moram. Policiais da recaptura faziam vigilância no local, quando um Fiat Palio tentou entrar no residencial e desobedeceu a ordem de parada.


“O suspeito jogou o carro para cima dos policiais e saiu em fuga, colidindo o veículo. O foragido adentrou em um matagal, foram acionadas outras forças de segurança para reforçarem a busca. Logo, em seguida o fugitivo foi preso”, explicou a secretaria, em nota.


Veja o momento da apreensão: