Crianças e adolescentes gravam vídeo no centro histórico de Manaus



MANAUS| Um vídeo será produzido com a apresentação de 30 alunos, no encerramento da oficina de dança contemporânea do projeto “Plano Perfeito em Ação”, um trabalho social colaborativo com artistas independentes atuantes no bairro São José 3, zona Leste.


O financiamento é proveniente do edital “Manaus Faz Cultura”, da Prefeitura de Manaus, por meio do Conselho Municipal de Cultura e apoio da Manauscult.


A gravação será realizada no sábado, 29/1, tendo como cenário a praça Dom Pedro II, no Centro Histórico de Manaus.

“Quando concebemos esse projeto, objetivávamos atender em especial à infância e à juventude, que passam por vulnerabilidade social, com sérias ameaças ao futuro desses jovens, seja pela violência ou o suicídio”, disse o presidente do Concultura, Tenório Telles.


Os alunos ganharam um kit com camiseta e máscara de proteção e tiveram aulas duas vezes na semana durante o mês de janeiro, além de participarem de rodas de diálogo sobre as temáticas envolvendo questões relacionadas à valorização da vida e saúde mental.


Para o presidente da Manauscult, Alonso Oliveira, os editais têm cumprido com o compromisso assumido pelo prefeito David Almeida, de apoiar e incentivar os artistas e trabalhadores da cultura nesse longo enfrentamento à crise pandêmica de Covid-19, que tem sacrificado a todos que dependem da economia criativa.

O projeto visa atingir diretamente a problemática de desvalorização da vida na infância e adolescência de estudantes da comunidade do bairro São José 3, explica a coordenadora do projeto, Márcia Vargas.


“Colhemos informações sobre os alunos diretamente com os pais e mantivemos contato com o serviço de psicologia nas escolas deles para podermos trabalhar o lado psicológico e prevenir males como a automutilação, a depressão e o suicídio”, disse.


Manaus Faz Cultura- Os 45 artistas ganhadores do edital “Manaus Faz Cultura” receberam, ainda em dezembro do ano passado, recurso no valor de R$ 20 mil da Prefeitura de Manaus, por meio do Concultura e Manauscult, para a execução dos projetos de oficinas artísticas nos bairros, em todas as zonas da cidade.

Todos os premiados receberam os valores dos projetos, totalizando R$ 900 mil, e terão a missão de trabalhar para oportunizar treinamentos e realização de oficinas de dança, artes visuais, música, teatro, luteria e vídeo.



— — —

Informações: Assessoria- Concultura