Companhia aérea oferece voos para quem sonha fazer amor nas alturas


INTERNACIONAL| Quando se fala em fantasias sexuais, os fetiches podem ser expressos das maneiras mais diversas. Muitos pensam logo em alguma roupa diferente. Outros já imaginam estar com alguém especial em um lugar exótico. Mas será que alguém tem o desejo de transar em um avião?

Sem pensar muito, a resposta é sim. Para provar isso, basta olhar o sucesso da companhia aérea Love Cloud, que tem sede em Las Vegas e filial em Los Angeles, nos Estados Unidos. As aeronaves são equipadas com colchões, almofadas e até decoração temática.



A empresa oferece pacotes de voos especialmente para quem sonha em fazer sexo nas alturas, literalmente. O valor mais básico é de um voo de 45 minutos para que o casal possa usufruir dos prazeres da aeronave. O valor é de cerca de US$ 995, algo em torno de R$ 5.250.


Os pacotes de viagem, no entanto, não se resumem apenas a um "motel que voa". No portfólio da empresa há opções para quem deseja realizar o casamento nas alturas, por US$ 1.195 (cerca de R$ 6.300); almoço ou jantar a dois, com um prato no avião, por US$ 1.295 (R$ 6.840); ou até o pacote com três pratos para refeição, por cerca de US$ 1.595 (R$ 8.427).


Em qualquer um dos pacotes, caso o casal queira incrementar ainda mais o momento, uma garrafa de champanhe e um passeio de limousine até a pista de embarque podem ser acrescentados. Para isso, basta adicionar uma taxa de US$ 300, cerca de R$ 1.585.


Em entrevista ao jornal americano The New York Times, o piloto e fundador da companhia, Andy Johnson, contou que o pacote básico é o mais procurado,

"[Os casais] chegam com um sorriso no rosto e desembarcam com um sorriso ainda maior", contou.


Após 5 ou 10 minutos de decolagem, o piloto anuncia aos casais que a altura de uma milha já foi atingida. Com isso, os passageiros podem remover seus cintos e curtir a viagem da melhor maneira possível e sem interrupções.


A empresa ainda oferece a opção de os casais escolherem a playlist que toca na aeronave. Além disso, já no ar, eles ainda podem estender o passeio, caso o tempo contratado não tenha sido o suficiente para o ápice do prazer.


Na rota do passeio, os aviões sobrevoam cartões-postais românticos da região — não que isso seja um atrativo, já que a proposta dos passageiros não é bem apreciar a vista.


No caso dos pacotes com refeição ou casamentos nas alturas, há a presença de comissário e ministrante da cerimônia. Para os noivos, champanhe, buquê e registro oficial em cartório são oferecidos como cortesia. Fotógrafo pode ser contratado a parte.


Para o fundador, o negócio promissor traz mais aventura e novidade para os casamentos em crise. Ele acrescenta, ainda, que é possível levar um ou dois convidados a mais para o voo romântico, tudo mediante a uma taxa extra de US$ 200 (R$ 1.057) por pessoa.